A Meditação Transcendental, MT, é uma técnica científica que permite que a sua mente se volte para dentro, além do pensamento, para experimentar o reservatório silencioso de energia, criatividade e inteligência encontrado no interior de todos, um estado natural de alerta em repouso. Durante a prática, seu cérebro funciona com significativa maior coerência e seu corpo ganha descanso profundo. A prática diária da técnica da MT desdobra o potencial interior da mente e desperta recursos latentes do cérebro, enriquecendo diretamente todos os aspectos da vida. A técnica da MT não é uma religião ou filosofia e não envolve nenhuma mudança no estilo de vida. É fácil de aprender e agradável praticar; não requer esforço, concentração ou habilidades especiais. Qualquer pessoa pode aprendê-la, até mesmo crianças. O estado único de alerta em repouso produzido durante a prática da MT dissolve o estresse e a fadiga, promove o funcionamento equilibrado da mente e do corpo e um comportamento mais harmonioso. A pesquisa científica sobre o programa de Meditação Transcendental mostrou que a experiência diária deste estado de alerta em repouso leva ao aumento da criatividade, melhoria da capacidade de aprendizagem, QI mais alto, melhora o raciocínio moral, torna o funcionamento do cérebro mais eficiente, alivia o estresse e promove uma ampla gama de benefícios para a saúde, desde a pressão arterial normalizada e menor necessidade de visitas ao médico, devido a melhora da capacidade imunológica a uma idade biológica mais jovem. Mais de cinco milhões de pessoas em todo o mundo aprenderam a técnica da Meditação Transcendental, incluindo as pessoas de todas as origens, culturas, raças e religiões. São mais de 600 estudos científicos que têm sido realizados em 34 países e em 200 instituições de pesquisa independentes e universidades, incluindo Harvard, Stanford, Yale e UCLA Medical School. mais de 300 desses estudos foram publicados nos principais periódicos científicos revisados que confirmam os benefícios da técnica da MT para a mente, corpo, comportamento e sociedade.

Últimos posts por Profa. Beth Siqueira (exibir todos)